CHICO BUARQUE 80 ANOS – Eis 80 grandes canções em que o compositor assina a música e a letra sem parceiros

  • 19/06/2024
(Foto: Reprodução)
♪ CHICO BUARQUE 80 ANOS – Chico Buarque de Hollanda chega hoje aos 80 anos com nada menos do que 537 músicas autorais registradas no Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad). Destas obras, muitas são parcerias com melodistas do porte de Antonio Carlos Jobim (1927 –1994), Edu Lobo e Francis Hime. Ou, em caráter excepcional, com letristas como Ruy Guerra. Contudo, a maior parte é assinada somente por Chico Buarque, craque na criação de melodias engenhosas e na escrita de letras precisas. Chico Buarque completa 80 anos Para celebrar os 80 anos que o artista carioca completa hoje, 19 de junho de 2024, o Blog do Mauro Ferreira lista 80 grandes canções compostas por Chico Buarque sem parceiros. Ou seja, tanto a música quanto a letra são criações exclusivas deste gênio da música do Brasil. ♪ Eis a relação das 80 músicas, dispostas em ordem cronológica: ★ Tem mais samba (1964) – Marco inicial da obra na visão do compositor. ★ Pedro pedreiro (1965) – Um trabalhador brasileiro à eterna espera de dias melhores. ★ A banda (1966) – Todo mundo parou para ver Chico virar unanimidade nacional no festival. ★ A Rita (1966) – Um samba evocativo da verve de Noel Rosa (1910 – 1937). ★ Com açúcar, com afeto (1966) – Canção sobre mulher submissa feita para Nara Leão (1942 – 1989). ★ Morena dos olhos d’água (1966) – Samba imerso em lirismo melancólico. ★ Olê, olá (1966) – Tem samba de sobra na obra de Chico nos anos 1960. ★ Noite dos mascarados (1967) – Marcha-rancho para brincar o Carnaval e brincar de amor. ★ Quem te viu, quem te vê (1967) – Samba garboso que foi para a avenida. ★ Carolina (1967) – Canção tristonha sobre quem vê a vida passar na janela. ★ Roda viva (1967) – Eis que chega a hora de fortalecer o tom político da obra. ★ Sem fantasia (1968) – Canção apaixonada escrita sob ótica feminina. ★ Ela desatinou (1968) – Samba sobre a realidade que se impõe ao fim do Carnaval. ★ Até pensei (1968) – Modinha triste à moda antiga. ★ Rosa dos ventos (1970) – Drama moldado para o canto de Maria Bethânia. ★ Apesar de você (1970) – Todo mundo gostou do samba, menos os censores do Governo Médici. ★ Essa moça tá diferente (1970) – O samba da moça empoderada. ★ Samba e amor (1970) – Retrato dos prazeres da madrugada. ★ Construção (1971) – A canção engenhosa sobre a demolidora engrenagem urbana. ★ Deus lhe pague (1971) – Ironia em meio à asfixia de um Brasil amordaçado. ★ Cotidiano (1971) – Samba hipnótico como a marcha diária da vida. ★ Baioque (1972) – Baião com rock e pimenta. ★ Mambembe (1972) – Ode à vida itinerante do artista. ★ Partido alto (1972) – A cuíca ronca de fome em samba de tom social. ★ Quando o Carnaval chegar (1972) – Samba para esperar a democracia chegar. ★ Joana francesa (1973) – Canção de alma e letra franco-brasileira. ★ Tanto mar (1974) – Celebração das águas democráticas que inundavam Portugal. ★ Gota d’água (1975) – Drama elevado à potência máxima no canto de Bibi Ferreira (1922 – 2019). ★ Basta um dia (1975) – Mais uma canção na linha “qualquer desatenção, faça não...”. ★ Flor da idade (1975) – O cotidiano que vicia toda a quadrilha. ★ Bem querer (1975) – A fúria e a ira santa do amor. ★ Vai trabalhar, vagabundo (1975) – O malandro na praça com samba feito para filme de Hugo Carvana (1937 – 2014). ★ Sem açúcar (1975) – Uma canção sem o afeto conjugal. ★ O que será (À flor da terra / À flor da pele) (1976) – Duas das três letras escritas para o tema do filme Dona Flor e seus dois maridos (1976). ★ Olhos nos olhos (1976) – Canção que abriu a porta das rádios AM para Maria Bethânia. ★ Teresinha (1977) – E chegou o segundo sucesso radiofônico de Bethânia. ★ O meu amor (1978) –Bolero para duelo feminino. ★ De todas as maneiras (1978) – Canção sobre corações que batem desvairados de amor. ★ Pedaço de mim (1978) – Canção tocante sobre o luto da perda de um filho. ★ Uma canção desnaturada (1978) – Canção sobre desamor de mãe. ★ Folhetim (1978) – Bolero que conectou o compositor ao canto de Gal Costa (1945 – 2022). ★ Geni e o zepelim (1978) – Pedras jogadas na hipocrisia social. ★ Sob medida (1979) – Bolero moldado para a voz de Fafá de Belém. ★ Vida (1980) – Música que toca nas feridas. ★ Mar e lua (1980) – Canção sobre o poço escuro de duas mulheres odiadas por se amarem. ★ Não sonho mais (1979) – Arretada música nordestina gravada por Elba Ramalho. ★ Dueto (1980) – Canção para o amor a dois. ★ Deixe a menina (1980) – Samba em defesa da mulher importunada por rapaz sem noção. ★ Bastidores (1980) – Angústias de camarim amplificada pela voz de Cauby Peixoto (1931 – 2016). ★ Morena de Angola (1980) – Samba da África para Clara Nunes (1942 – 1983). ★ As vitrines (1981) – Poesia derramada na letra de canção aliciante. ★ O meu guri (1981) – O compositor dá voz a uma mãe do morro. ★ Samba do grande amor (1983) – Um grande samba para a trilha de filme. ★ Tanto amar (1981) – Paixão com dose de latinidade. ★ Mil perdões (1983) – Canção de inspiração nelsonrodriguiana para Gal Costa. ★ Brejo da Cruz (1984) – Miséria é miséria em qualquer canto como o Brejo da Cruz. ★ Pelas tabelas (1984) – Samba sobre a aflição do amor. ★ Suburbano coração (1984) – O amor e a solidão dos subúrbios. ★ Palavra de mulher (1985) – Juramento feminino na voz assertiva de Elba Ramalho. ★ Las muchachas de Copacabana (1985) – A rumba das mulheres da vida nada fácil de Copacabana. ★ A volta do malandro (1985) – Eis um grande samba de Chico na praça outra vez! ★ Último blues (1985) – Um recado para o malandro no compasso do blues. ★ Estação derradeira (1987) – Samba refinado para a Mangueira. ★ Morro dois irmãos (1989) – Um grande samba do compositor carioca. ★ A mais bonita (1989) – Na solidão do suburbano coração. ★ Paratodos (1993) – Para todos que fizeram e fazem a música do Brasil. ★ Tempo e artista (1993) – Retrato do artista face à finitude. ★ De volta ao samba (1993) – Pensou que o grande sambista não vinha mais, pensou? ★ Futuros amantes (1993) – A grande canção de amor de Chico Buarque nos anos 1990. ★ Biscate (1993) – Samba com o tempero de Gal. ★ Assentamento (1997) – Salve a terra e a Terra! ★ Carioca (1998) – Um giro pela cidade natal com passada no baile funk. ★ Injuriado (1998) – O grande samba do álbum As cidades (1998). ★ Dura na queda (2000) – Samba com a envergadura de Elza Soares (1930 – 2022) ★ Porque era ela, porque era eu (2005) – Grande canção para cinema. ★ Ela faz cinema (2006) – Bela canção para uma mulher que faz cinema. ★ Subúrbio (2006) – Giro pelo subúrbio carioca do funk, do pagode e do rap. ★ Se eu soubesse (2011) – Canção em dueto com o grande amor da época. ★ As caravanas (2017) – Retrato cru do apartheid social carioca nos fins de semana. ★ Que tal um samba? (2022) – Que tal um samba com molho cubano para zerar o jogo? ♪ Leia os textos anteriores do Blog do Mauro Ferreira sobre os 80 anos de Chico Buarque: ♪ CHICO BUARQUE 80 ANOS – Shows festejam aniversário do artista no Rio de Janeiro e São Paulo ao longo do mês ♪ CHICO BUARQUE 80 ANOS – Livro traz análises, histórias e opiniões sobre 80 músicas do compositor aniversariante ♪ CHICO BUARQUE 80 ANOS – Artista revive a ‘fantasia’ das músicas feitas para cinema na série ‘Na trilha do som’ ♪ CHICO BUARQUE 80 ANOS – DJ Marcelinho da Lua festeja aniversário do artista com o single ‘Brejo da cruz’ ♪ CHICO BUARQUE 80 ANOS – Eis oito cantoras que sempre sobressaíram quando gravaram o genial compositor ♪ CHICO BUARQUE 80 ANOS – Eis oito títulos fundamentais da discografia do cantor e compositor revelado em 1964 ♪ CHICO BUARQUE 80 ANOS – O tempo dignifica e glorifica o artista e a obra

FONTE: https://g1.globo.com/pop-arte/musica/blog/mauro-ferreira/post/2024/06/19/chico-buarque-80-anos-eis-80-grandes-cancoes-em-que-o-compositor-assina-a-musica-e-a-letra-sem-parceiros.ghtml


#Compartilhe

Aplicativo


Locutor no Ar

Top 10

top1
1. Lose Control

Teddy Swims

top2
2. Grip

Anitta

top3
3. Saudade Sem paisagem

Ritchie

top4
4. Dancing Star

Pet Shop Boys

top5
5. I'm Reach

Magic!

top6
6. Baja California

Reik

top7
7. Contato

Lulu Santos

top8
8. Illusion

Dua Lipa

top9
9. I Had Some Help

Post Malone

top10
10. Like Crazy

Jimin


Anunciantes